Industry

Moda

Date

Produção sob demanda

Criando a ponte entre o consumidor empoderado e a fábrica mais inteligente

On-Demand Production

Para as empresas da moda que continuam a contar com o modelo de produção convencional, é cada vez mais difícil acompanhar as tendências orientadas pelo consumidor. Marcas e varejistas que entendem a importância de colocar os consumidores no centro de todos os processos estão bem preparados para o atendimento da demanda crescente.

Utilizando o modelo comercial sob demanda para responder ao mercado de forma mais adequada, os representantes do setor da moda podem gerenciar processos upstream novos com mais rapidez para obter maior controle e mais flexibilidade.

Essa mesma flexibilidade pode também ajudar a atender rapidamente às ofertas de personalização de desenvolvimento que atraem novos compradores e a criar um fluxo de negócios estável.

O resultado final é um círculo virtuoso de produção ágil e resposta rápida à demanda cada vez maior.

Preencha este formulário para baixar este e-guide

 

Prevendo o imprevisível: Novo consumidor da indústria da moda

 

Obsessão Do Setor Da Moda Pelo Novo Consumidor

Os executivos do setor da moda têm quebrado a cabeça sobre o comportamento do novo consumidor há anos. Graças à tecnologia digital e à mídia social de hoje, os consumidores se tornaram um tanto enigmático, escondendose online e deixando traços de dados para trás enquanto fazem compras e tendo um poder de decisão enorme sobre a forma como os produtos são fabricados. No mundo dos influenciadores de mídia social e dos negócios diretos ao consumidor, a hierarquia da moda passou por uma turbulência, e as empresas não ditam mais as tendências. Em vez disso, elas estão em uma luta interminável por captar seus consumidores, tentando reunir todos os tipos de dados para prever os próximos movimentos. Os membros do mundo da moda se tornaram completamente aficionados pelo novo consumidor, sem olhar para o outro lado da equação.

 

Gerenciando O Imprevisto Com Tecnologia

No entanto, o que a indústria da moda parece ter esquecido é que os consumidores hoje se tornaram imprevisíveis, devido à incerteza socioeconômica dos dias atuais. De acordo com o recente relatório ‘State of Fashion’1 da McKinsey & Company and Business of Fashion, 42% das pessoas que responderam à pesquisa, basicamente executivos do setor de moda, acreditam que as condições econômicas vão piorar este ano, com aumento das taxas de juros em todo o mundo e políticas monetárias cada vez mais rígidas desenvolvidas pelo Banco Central Europeu. Embora as empresas estejam se esforçando para entender o novo comportamento de compra de seus consumidores, torna-se cada vez mais claro que é quase impossível prever ou controlar as próximas decisões de compras deles, uma vez que elas são definidas por fatores externos e psicológicos. Em vez disso, o que a empresa tem poder de controlar é a forma como elas obtêm flexibilidade na cadeia de suprimentos para se aproximar do consumidor e atender às necessidades deles, independentemente de suas preferências e da frequência com que elas mudam.